Hugo Leão Advocacia - Advocacia com ética, zelo e valorização da pessoa humana

Últimas Notícias

Informação Processual

Webmail

Clique no botão abaixo para ser direcionado para nosso ambiente de webmail.

Aprovados no Concurso Nacional Magistratura do Trabalho participam de audiência de opção de lotação

O presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST) e do Conselho Superior do Trabalho (CSJT), ministro Brito Pereira, presidiu, na manhã desta quarta-feira (13), a audiência de opção de lotação dos candidatos aprovados no 1º Concurso Público Nacional Unificado para Ingresso na Carreira da Magistratura do Trabalho. Os candidatos mais bem colocados puderam escolher o Tribunal Regional do Trabalho, entre as vagas disponíveis para provimento. Na abertura da audiência, o presidente enfatizou que a Justiça do Trabalho terá um ganho expressivo com o ingresso de novos magistrados extremamente qualificados. “O concurso é muito difícil e selecionou os mais preparados, através de provas de conhecimentos específicos, conhecimentos gerais, provas orais, provas de títulos e outras etapas que a inscrição exige”, disse. “Que os Tribunais Regionais sejam cuidadosos com esses juízes substitutos, pois é uma marca da Justiça do Trabalho tratar muito bem os iniciantes”, completou. As 147 vagas foram pidas entre sete Tribunais Regionais do Trabalho.  O TRT da 2ª Região (SP) é o que possui mais vagas disponíveis (100 no total); seguido pelos TRTs da 8ª (PA/AP) e 11ª (AM/RR) regiões, com 12 vagas cada; e o TRT 3ª Região (MG), com oito vagas. Os tribunais da 14ª (RO/AC) e 23ª (MT) possuem sete vagas disponíveis e, completando a lista, o TRT 24ª Região (MS), com uma vaga. Destaque feminino E foi justamente essa vaga no TRT da 24ª Região a escolhida pela candidata Vivian Letícia de Oliveira, primeira colocada geral do concurso. Segundo ela, além da proximidade do Estado de Mato Grosso do Sul com o seu local de origem (Santa Catarina), a escolha se deu pelas ótimas referências vindas do TRT da 24ª Região. “Ocupar a primeira colocação é uma alegria imensa, pois ser magistrada do trabalho é um sonho”, celebrou. “Trabalho no TRT da 9ª Região (PR) como servidora e ao longo do tempo vim me familiarizando com a atuação dos magistrados e me encantando com essa atuação”, completou. O ministro Brito Pereira fez questão de enfatizar o fato das mulheres ocuparem não apenas a primeira colocação na classificação geral, mas também figurarem entra os primeiros lugares nas vagas destinadas para candidatos com deficiência e candidatos negros. “Com a recente celebração do Dia Internacional da Mulher na última sexta-feira (8), é importante destacar esse cenário, pois mostra que na Justiça do Trabalho não há diferença de gêneros”. Final de fila Dos 147 candidatos convocados para a audiência pública, apenas uma pessoa pediu “final de fila”. Assim, por ser da lista geral, passará a ser a 223ª candidata. Com isso, o TRT da 8ª Região ficou com uma vaga à disposição, vaga esta que será convocada oportunamente para ser preenchida. Posse: 5 de abril A posse dos 146 candidatos aprovados nos sete Tribunais Regionais do Trabalho indicados está programada para ocorrer simultaneamente no dia 5 de abril.
14/03/2019 (00:00)
Visitas no site:  711325
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.